Como receber pelo Pix – Aprenda a receber envios em 10s

Se você está precisando receber dinheiro pelo Pix, saiba que é necessário:

O Pix, modalidade de pagamento e transferências instantâneas, foi criado pelo Banco Central e lançado em novembro de 2020. E a principal característica desta nova forma de pagamento é a rapidez no qual é possível realizar as transações em até 10 segundos.

Por conta de tamanha rapidez, este meio de pagamento caiu no gosto dos brasileiros: são mais de 138 milhões de usuários que realizam transferências e fazem pagamentos por meio do Pix.

Mas é claro que ao ser lançado, o Pix passou por desconfiança de grande parte dos brasileiros. Mas aos poucos conseguiu driblar a incerteza, alcançando um marco histórico: 3 bilhões de transações no mês de março

É claro que com isso tudo, torna-se de extrema importância não só saber como fazer esse tipo de transação, mas principalmente como receber Pix seja para salário, de amigos e familiares e até mesmo outras transferências.

Além disso, é importante lembrar que o Pix é vantajoso por diversos motivos, mas principalmente por ser uma transação rápida, segura e que pode ser realizada de diferentes formas.

Abaixo vamos explicar como receber um Pix por meio da conta do RecargaPay. Confira!

  1. <strong>1 – Baixe o aplicativo do RecargaPay</strong>

    Baixe o aplicativo RecargaPay que está disponível tanto para Android quanto iOS, clicando na imagem abaixo. Após concluir a instalação, abra o aplicativo e siga as instruções para criar uma conta ou fazer login, caso já possua uma

  2. <strong>2 – Na área do Pix, clique em “Receber com QR Code”</strong>

    Neste momento você deverá clicar em “Receber com QR Code”, dessa forma a pessoa que vai transferir o dinheiro poderá ler o código que aparecerá na tela do seu celular

  3. <strong>3 – Clique em 'Definir valor'</strong>

    Será preciso informar no aplicativo do RecargaPay o valor que você vai cobrar por meio do QR Code

  4. <strong>4 – Toque em 'Compartilhar' </strong>

    Com o código gerado, chegou o momento de compartilhá-lo com quem vai te pagar. Para isso, você deverá enviar o código para o pagador. Pronto, você já poderá receber Pix pelo RecargaPay!

Como receber pelo Pix com a melhor chave?

Muitos usuários do Pix se perguntam qual seria a melhor chave Pix a ser usada tanto para receber quanto para fazer transferências. Mas será que de fato existe a melhor opção entre todas que o Banco Central criou e disponibilizou aos clientes das instituições financeiras?

Primeiramente, você precisa entender que existem diferentes tipos de chave, sendo elas: CPF/CNPJ, e-mail, telefone e chave aleatória. A verdade é que não existe a melhor chave Pix, mas sim a que é mais adequada para cada situação. 

Caso não saiba, uma das chaves mais comuns é o CPF. O motivo disso é porque ele está diretamente ligado ao dono da conta. Esse tipo de chave é ideal para usar com pessoas próximas e em situações consideradas mais formais.

Agora, se você deseja usar a chave Pix como seu e-mail ou telefone, precisa ter um pouco mais de cuidado. Isso porque estará compartilhando dois dados que são muito evidentes para golpes. Sendo assim, escolha a dedo quem terá essa chave.

A última opção, mas não menos importante, é a chave Pix aleatória que nada mais é do que uma sequência alfanumérica gerada pelo sistema do seu banco. Podemos falar que ela é uma das mais seguras, já que não tem nenhuma relação com os seus dados.

Por isso, o que recomendamos é que você use cada chave Pix de acordo com o caso em questão. Lembrando sempre de manter os seus dados em segurança para evitar golpes.

Sendo assim, o melhor tipo de chave Pix para cada caso é:

  • CPF: deve ser usado para receber salários, pagamento de pensões e outros eventos mais formais
  • Telefone e e-mail: para amigos e familiares que precisam realizar a transferência
  • Chave aleatória: para estranhos e clientes que precisam realizar o pagamento ou transferência para você

Vale ressaltar ainda que o número de chaves Pix cadastradas pelo Banco Central já é considerado o dobro da população brasileira. Isso mostra o quanto esta forma de pagamento vem se popularizando dia após dia.

Quanto posso receber via Pix?

O Pix é um sistema que estabelece limites para envios de valores, mas não para recebimentos. O Banco Central autoriza cada instituição a determinar o limite de Pix para seus usuários. Por exemplo, no RecargaPay, o limite é de R$20 mil por dia e R$40 mil por mês, enquanto bancos tradicionais geralmente aplicam uma porcentagem do TED como parâmetro.

Se o usuário desejar movimentar uma quantia maior, como transferir 50 mil pelo Pix, será necessário solicitar a alteração do limite. O processo para aumentar o limite pode levar de 24 a 48 horas para ser aprovado, enquanto a diminuição do limite ocorre imediatamente.

Além disso, existe o Pix Noturno que é uma modalidade do sistema que apresenta restrições no valor das transferências. Durante esse período, o usuário pode enviar somente até R$1.000. Conforme as novas regras do Pix estabelecidas em 2023, o usuário tem a opção de escolher se prefere que o horário noturno inicie às 20h ou 22h.

Sendo assim, o usuário pode receber qualquer valor via Pix, mas há limitações na quantia que pode ser enviada. O mesmo se aplica àqueles que irão realizar o pagamento. Ao entender as regras e limites do Pix, os usuários podem usufruir de todos os benefícios oferecidos por esse sistema de pagamento instantâneo.

Como receber pelo Pix Parcelado?

O Pix Parcelado é uma opção que permite às pessoas realizarem transferências via Pix de maneira parcelada. Essa modalidade é uma alternativa interessante para quem deseja realizar pagamentos parcelados utilizando o cartão de crédito. É importante saber que este tipo de transação envolve a taxa do Pix.

O funcionamento do Pix parcelado ocorre da seguinte forma: o usuário realiza a transferência usando o cartão de crédito, e o valor é debitado do saldo disponível no cartão, sendo registrado na fatura como uma compra. Para quem recebe o valor, nada muda, mas para quem efetua o pagamento, o valor pode ser dividido em até 12 parcelas.

Vale ressaltar que o Pix com cartão de crédito é considerado uma operação de crédito, e, portanto, há incidência de juros. Cada aplicativo que permite realizar Pix com cartão de crédito cobra uma taxa específica. A menor taxa do mercado é oferecida pelo RecargaPay: 3,49% para usuários Prime+ e 3,99% para usuários comuns.

Vale ressaltar que nada muda em relação ao recebimento: o valor será creditado na conta em até 10 segundos, como ocorre normalmente nas transferências via Pix.

Eu recebo pelo Pix imediatamente?

Sim, na maior parte dos casos, você receberá o valor via Pix imediatamente, com um prazo máximo de 10 segundos. Entretanto, existem duas exceções que podem afetar a rapidez do recebimento.

A primeira exceção ocorre quando o Banco Central decide analisar determinada transferência devido a algum indício de fraude. Nessa situação, a transação pode ficar bloqueada por até 1 hora enquanto o BC verifica se está tudo em conformidade.

A segunda exceção está relacionada ao Pix Programado. Essa modalidade permite que o usuário programe o envio de dinheiro para uma data futura, podendo ser agendado com até 60 dias de antecedência. O valor será debitado da conta, mas, caso não haja recursos disponíveis no dia programado, a transferência será cancelada.

O Pix agendado é efetivado nas primeiras horas do dia escolhido para a transferência. Até esse momento, a transação pode ser cancelada facilmente com um único clique, sem causar problemas. No entanto, uma vez que o Pix tenha sido enviado, não é possível realizar o cancelamento.

Dessa forma, você deve estar ciente das possíveis exceções que podem afetar a rapidez do recebimento de valores via Pix, garantindo um melhor aproveitamento dessa modalidade de transferência instantânea.

Pix é seguro para receber dinheiro?

O Pix é seguro do ponto de vista técnico e tem a confiança de milhões de usuários. A segurança do Pix é garantida por métodos de proteção desenvolvidos pelo Banco Central, como criptografia e medidas de segurança digital.

A proteção do Pix funciona com um sistema de camadas. Existem proteções para a identidade do usuário, como o uso obrigatório de certificado digital ou token por todos os aplicativos. Há também proteções técnicas no sistema, incluindo criptografia nos aplicativos e no servidor do Banco Central. Como também, existem métodos para recuperar o dinheiro em caso de falhas e golpes, como o Mecanismo Especial de Devolução.

Todos os envios de dinheiro pelo Pix são perfeitamente rastreáveis e identificáveis pelo Banco Central e pelas instituições financeiras que participam do sistema.

Apesar dessas medidas de segurança, é importante mencionar que o único risco atrelado ao Pix são os golpes e sequestros praticados por quadrilhas do Pix especializadas. Esses casos ocorrem porque é impossível remover completamente o humano do sistema. No entanto, à parte dessas atividades criminosas, o sistema Pix é considerado perfeitamente seguro.

Dessa forma, você pode ficar tranquilo ao utilizar o Pix para receber dinheiro, desde que esteja atento a possíveis golpes e busque sempre seguir as recomendações de segurança fornecidas pelo Banco Central e sua instituição financeira.

Conclusão

De forma geral, abordamos as melhores práticas para receber dinheiro pelo Pix, considerando a escolha das chaves mais adequadas para cada situação, os limites e prazos para recebimento, e a segurança do sistema. É importante entender que cada tipo de chave Pix tem suas particularidades, e o uso adequado delas pode aumentar a segurança nas transações.

Como recomendação, é sugerido utilizar as chaves Pix de acordo com o contexto, priorizando a segurança dos dados e o cuidado com possíveis golpes. Você deve se manter informado sobre as regras e limites do Pix, a fim de aproveitar todos os benefícios oferecidos por esse sistema de pagamento instantâneo.

Por fim, um aviso importante é que, apesar de o Pix ser seguro do ponto de vista técnico, é fundamental estar atento a possíveis golpes e seguir as recomendações de segurança fornecidas pelo Banco Central e sua instituição financeira. Assim, o usuário pode utilizar o Pix para receber dinheiro com tranquilidade e segurança.