Fiz um Pix errado, e agora? Conheça 3 soluções para o problema

Se você fez um Pix errado, existem 3 possíveis soluções para ajudá-lo, são elas:

Aqui você aprenderá três possíveis soluções para esse problema, além de descobrir mais informações sobre o sistema Pix, este guia servirá como um recurso útil para ajudá-lo a entender o que é Pix e a navegar pelo sistema com confiança.

1) Fiz um Pix errado! O que fazer? – Entre em contato com o destinatário

Fiz um Pix errado! O que fazer? - Entre em contato com o destinatário

A primeira e mais direta solução quando se faz um Pix de um banco para outro e o valor cai na conta errada é entrar em contato com o destinatário da transferência e solicitar que ele faça um estorno, isso é possível porque, ao realizar uma transação Pix, os detalhes do destinatário ficam registrados e podem ser usados para entrar em contato.

Se você utilizou um e-mail ou um telefone como chave Pix, saiba que estas são as melhores chaves Pix para essa situação, pois você pode utilizar essas informações para contatar diretamente a pessoa que recebeu o Pix, se a chave Pix foi um CPF, você pode tentar pesquisar o CPF online para ver se consegue encontrar algum telefone atrelado a esse número.

No entanto, em alguns casos, pode ser que você não consiga identificar ou contatar o destinatário por conta própria, nesses casos, é recomendado entrar em contato com seu banco ou instituição financeira e explicar a situação, eles podem identificar o banco do destinatário e enviar uma solicitação formal para estornar o Pix.

2) Fale com um advogado para buscar auxílio

Fale com um advogado para buscar auxílio

Caso a pessoa que recebeu o seu Pix por engano se recuse a estornar o valor, pode ser o momento de buscar assistência jurídica, existe um entendimento legal de que receber um Pix por engano e não devolver é crime, pode ser caracterizado como apropriação indébita.

Dentre tantas transações, chegando a ter mais de 3 bilhões de transações, é comum acontecer algum erro, nessa situação, o melhor a fazer é procurar o aconselhamento de um advogado.

Um profissional do Direito será capaz de avaliar o seu caso, considerando todos os fatores relevantes, e aconselhá-lo sobre as melhores ações a serem tomadas, o Pix possui mais de 138 milhões de usuários, e essas situações estão se tornando mais comuns.

É importante que você documente toda a sua comunicação com a pessoa que se recusa a devolver o dinheiro, guarde todas as conversas por WhatsApp ou e-mail, tire screenshots, salve o comprovante da transação e qualquer outro documento que possa ser relevante para demonstrar que houve um erro no Pix.

3) O Mecanismo Especial de Devolução se adequa a Pix errado?

O Mecanismo Especial de Devolução se adequa a Pix errado?

O Mecanismo Especial de Devolução (MED) é um recurso criado pelo Banco Central para auxiliar em casos de transações Pix que precisam ser revertidas, esse mecanismo pode ser acionado em diversas situações, incluindo casos de fraude ou golpes.

Entretanto, a possibilidade de usar o MED para o estorno de um Pix não significa que ele se aplica a todas as situações, esse mecanismo foi criado para lidar com situações de fraudes ou golpes do Pix envolvendo o sistema do Banco Central.

Contudo, as instituições financeiras têm autonomia para usar o MED e podem considerar cada caso individualmente, isso significa que, dependendo das circunstâncias, seu banco pode decidir usar o MED para ajudar a resolver o problema de um Pix errado.

Se você acredita que o MED pode ser uma opção para o seu caso, entre em contato com o seu banco e explique a situação, forneça informações importantes como sua Chave Pix e a do destinatário, o valor do Pix errado, horário e ID da transferência. 

A instituição financeira avaliará o caso e lhe informará se o mecanismo de devolução de valores pode ser aplicado nessa situação.

Segundo o Gabriel Galípolo, Diretor geral do Banco Central:

“O MED é mais do que uma ferramenta, é uma ponte que facilita a relação de confiança entre as instituições financeiras e os cidadãos. Nossa responsabilidade é garantir que esse mecanismo funcione de forma justa e transparente, fortalecendo a economia e protegendo os direitos dos consumidores.”

Quanto tempo leva para recuperar o dinheiro?

Quanto tempo leva para recuperar o dinheiro?

Uma transação feita por um Pix errado não tem um prazo específico para ser revertida, isso depende de uma variedade de fatores, incluindo a disposição do destinatário em devolver o dinheiro e o tempo que a instituição financeira leva para processar a solicitação, por isso, essa é uma das perguntas frequentes do Pix.

Nos melhores cenários, o destinatário pode fazer um Pix de volta para você imediatamente, porém, se for necessário entrar com uma ação judicial para recuperar o dinheiro, o processo pode levar meses. 

Um exemplo disso é o caso em que a Rede Globo enviou por engano um Pix de R$318 mil para uma pessoa, e a empresa teve que aguardar seis meses para recuperar o valor.

Quando o Mecanismo Especial de Devolução (MED) se aplica, é possível prever um prazo máximo para a devolução do dinheiro, que pode chegar a 91 dias, este prazo funciona da seguinte forma:

  • Você tem até 80 dias para relatar o Pix errado ao seu banco ou instituição financeira
  • O banco ou instituição tem até 7 dias para analisar sua notificação
  • Em seguida, o banco tem até 72 horas para solicitar a devolução do valor à instituição financeira do destinatário
  • Por fim, a instituição do destinatário tem até 24 horas para realizar o estorno

Apesar da incerteza do tempo, é importante manter a comunicação aberta com seu banco e seguir os procedimentos necessários para tentar recuperar o dinheiro, enquanto isso, sempre verifique os dados da transação antes de realizar um Pix para evitar futuros erros.

Fiz um Pix Agendado com erro. O que fazer?

Fiz um Pix Agendado com erro. O que fazer?

Uma vez que o Pix Agendado tenha sido enviado, o mesmo não poderá ser cancelado, por isso é crucial que você verifique todos os detalhes da transação antes de confirmar o agendamento para evitar futuros problemas.

O Pix trouxe mais flexibilidade para a realização de transações bancárias, incluindo a opção de programar o envio de dinheiro para uma data futura por meio do Pix Agendado.

A funcionalidade do Pix Agendado permite que você programe um envio de dinheiro para até 60 dias após a data de agendamento, o valor será debitado de sua conta no dia programado, mas se não houver recursos disponíveis na conta no dia do agendamento, a transação será cancelada.

Uma das principais dúvidas é Pix agendado cai que horas, portanto a transação é feita nas primeiras horas do dia, no entanto, caso você perceba que cometeu um erro no agendamento, para cancelar um Pix é bem tranquilo, para fazer isso, você precisará acessar a opção de Pix Agendado em seu aplicativo bancário e escolher a opção “Cancelar envio”.

Conclusão

Ao longo deste artigo, exploramos as possíveis soluções para caso você tenha feito um Pix errado, uma situação que pode ser perturbadora, além disso, discutimos o Pix Agendado e o que fazer se um erro for cometido neste processo.

Com base nas informações apresentadas, recomendamos que, ao perceber um erro no Pix, a primeira ação seja tentar resolver a situação de maneira amigável, entrando em contato com o destinatário e solicitando o estorno, se essa abordagem não for possível ou não tiver sucesso, é importante buscar orientação profissional. 

É fundamental lembrar que o Pix, seja ele imediato ou agendado, é uma operação irreversível, portanto, é essencial sempre verificar todos os detalhes da transação antes de confirmar o envio.

Perguntas Frequentes

1) Posso cancelar um Pix depois que ele foi enviado?

2) Como faço para estornar um Pix errado?

3) O que é o Mecanismo Especial de Devolução (MED)?

4) Posso programar um Pix para o futuro?

5) Recebi um Pix por engano. Devo devolver?