Os 4 golpes do Pix – Descubra tudo sobre eles para não perder seu dinheiro

Os mais comuns golpes do Pix atualmente são:

  • 1) Golpe do Robô do Pix
  • 2) Golpe do Urubu do Pix
  • 3) Golpe do Pix Agendado
  • 4) Golpe do pagamento com QR Code

O Pix é um sistema de pagamento que entrou em funcionamento nos últimos anos e trouxe muita praticidade à vida dos brasileiros. Infelizmente, desde sua implementação, têm surgido uma série de golpes envolvendo a ferramenta de transferência gratuita. 

Por se tratar de uma ferramenta criada pelo Banco Central do Brasil e gerida pelo mesmo, podemos garantir que o Pix é seguro e que as transferências realizadas nessa modalidade certamente chegarão ao recebedor após concluídas. Entretanto, é importante atenção para não cair em fraudes.

A seguir, detalharemos como cada um dos quatro golpes mais comuns que são realizados e algumas formas práticas de evitar esse tipo de transtorno. Além disso, você também irá entender como deve proceder caso caia em uma dessas armadilhas. Acompanhe:

1) Golpe do Robô do Pix

Esse golpe se apresenta de diversas formas. Algumas delas envolvem a movimentação de criptomoedas, outras se baseiam em esquemas de pirâmide e existem as que envolvem engajamento nas redes sociais. 

Independente das promessas que são realizadas pelos golpistas, o golpe segue um padrão: divulgam um software, que é chamado popularmente de “robô” que irá trazer retornos financeiros ilusórios

Essa promessa de retorno costuma ser pautada na compra e venda de criptomoedas que, com ajuda do robô, podem trazer um lucro invejável, outras investem em um robô que faz comentários em diversos sorteios nas redes sociais para aumentar as chances de ganho.  

Em qualquer um dos modelos citados, a vítima paga uma taxa inicial para fazer a utilização do tal robô milagroso e, só após o pagamento, com a ausência dos resultados prometidos, percebe que caiu em um golpe. 

Como evitar esse golpe?

Desconfie de perfis que prometem retornos altíssimos com baixo investimento. Muitas pessoas caem nesses golpes ao tentar faturar uma grande quantia financeira sem fazer muito esforço. 

Além disso, não baseie sua confiança na quantidade de seguidores que os perfis divulgadores possuem. Hoje em dia é fácil adquirir milhares de comentários, visualizações e seguidores pagando por isso. Essa é a principal tática desses golpes, ganhar a confiança d a vítima com perfis que demonstram autoridade e popularidade. 

2) Golpe do Urubu do Pix

Esse tipo de golpe está cada vez mais popular e também costuma utilizar perfis grandes para passar mais credibilidade. Consiste na promessa de que, ao fazer o depósito de um determinado valor, receberá ele multiplicado em alguns minutos. 

Por exemplo: deposite 50 reais e receba 500. Dessa forma, após depositar o investimento de 50 reais, a vítima é bloqueada e não consegue mais contatar o golpista e só aí percebe que caiu em um golpe mas já não consegue mais cancelar o Pix. 

Vale ressaltar que esses perfis costumam passar o dia todo postando capturas de tela de depósitos sendo realizados e vídeos de supostos clientes satisfeitos. Tudo para passar segurança e alcançar mais vítimas. 

Como evitar esse golpe?

Não faça depósitos para desconhecidos! O Pix é uma transferência instantânea, por isso, os golpistas aproveitam para que não dê tempo de reaver o dinheiro após o envio. Não acredite em acordos milagrosos e absurdos como esse de transferir um valor e recebê-lo multiplicado. 

Desconfie até mesmo de provas sociais quando o retorno for muito atraente. Caso esse tipo de anúncio esteja sendo divulgado por pessoas próximas e conhecidas existe uma grande chance de ter tido o perfil invadido. Na dúvida, busque entrar em contato com a pessoa por ligação. 

3) Golpe do agendamento do Pix

Esse golpe é muito simples e também muito comum. Consiste em programar um Pix agendado e utilizar o comprovante de agendamento como comprovante da transferência. Para isso, os golpistas precisam apenas ocultar algumas informações do comprovante de agendamento e enviar ao recebedor. 

Esse golpe costuma ser usado em compras e depois que a pessoa já pegou o produto e desapareceu, é inviável contatar para recuperar o valor, só aí a vítima percebe que caiu em um golpe. 

Existem relatos com essa fraude que incluem venda de carros, cirurgias estéticas e outros bens de investimento altíssimo, entretanto, existem pessoas que tentam aplicar em pequenos estabelecimentos também.

Como evitar esse golpe?

Não disponibilize produtos ou faça envios sem que o dinheiro já esteja em sua conta. Embora o Pix possa apresentar algumas instabilidades esporádicas, na grande maioria das vezes seu depósito é recebido instantaneamente, então vale a pena esperar o valor chegar, de fato, em sua conta. 

Mesmo quando a pessoa não estiver próxima de você, não aceite comprovantes via Whatsapp como confirmação de pagamento. Exija o valor em conta antes de enviar seus produtos. 

4) Golpe do QR Code

Nesse golpe, os criminosos costumam alterar faturas de grandes empresas, substituindo o QR code verdadeiro de pagamento, por um que levará à conta corrente do golpista. Assim como nos golpes citados anteriormente, eles se beneficiam do fato de ser uma transferência instantânea para que a vítima só perceba a fraude depois de concluir o envio. 

Com a facilidade que essas transferências trouxeram, a maioria das empresas e até grandes companhias como as que fornecem luz e água já disponibilizam o QR Code Pix em seus boletos, o que facilita muito pois também acelera o processo de compensação do pagamento. 

Entretanto, é importante atenção no momento do pagamento pois, ao concluir o envio do valor para um QR Code adulterado, a empresa que emitiu o boleto não receberá o pagamento que será enviado imediatamente para o golpista. 

Como evitar esse golpe?

Ao observar um QR Code não temos como ter ciência de todas as informações que estão contidas ali, porém, é possível ver os dados do recebedor sempre que você escaneia o código. 

Para evitar esse golpe, confira sempre se as informações do recebedor são compatíveis com quem você de fato está tentando pagar antes de confirmar a transferência. Só assim é possível evitar esse transtorno. 

Como evitar cair em um golpe do Pix

É importante ressaltar que, na grande maioria dos casos, é impossível cancelar um pix, o que torna o procedimento perfeito para esses criminosos. Para evitar esse tipo de transtorno, é fundamental que haja atenção plena ao realizar a transferência. 

Não envie dinheiro enquanto faz outras coisas, ao pagar alguém ou quitar faturas se mantenha atento às informações mostradas sobre a conta que está recebendo. Não faça transferências, nem mesmo para pessoas de sua família sem conseguir entrar em contato antes e falar diretamente com seu ente querido. 

Não acredite em promessas de investimento com retornos estratosféricos, sejam elas envolvendo o pagamento via Pix ou não. 

O que fazer após cair em um golpe do Pix?

Se você tem certeza de que caiu em um golpe Pix é importante que faça um boletim de ocorrência imediatamente. Muitas pessoas se sentem constrangidas por terem sido enganadas e optam por manter o golpe em segredo. 

Essa não é uma boa escolha pois garante a impunidade dos golpistas e contribui para que muitas outras pessoas sejam lesadas da mesma forma. 

O Banco Central do Brasil disponibilizou recentemente uma ferramenta para minimizar esse tipo de golpe. Se trata do Mecanismo Especial de Devolução (MED). Para exigir a devolução do Pix através dela, é importante que tenha sido feito o boletim de ocorrência e fraude comprovada. 

Dessa forma, após a análise da instituição financeira, o Banco Central notifica o titular da conta que recebeu o depósito fraudulento, assim, o golpista é orientado a devolver o valor e também responde judicialmente pela fraude. 

Conclusão

Com a popularização do Pix, inúmeros golpes envolvendo a ferramenta também apareceram. A maioria dessas fraudes se aproveita da falta de atenção das pessoas e do fato da transferência através do Pix ser imediata e instantânea. 

Para evitar tantos golpes, é importante que você não acredite em promessas de retornos financeiros imediatos, ou em robôs de investimento que irão te levar à riqueza em poucos dias. Embora pareça muito óbvio, inúmeras pessoas são lesadas diariamente por acreditarem em promessas semelhantes. 

Tenha sempre calma e atenção ao realizar suas transferências bancárias, confira sempre o nome do recebedor e a instituição de pagamento que irá receber o depósito. Em caso de dúvidas, não conclua o envio.